Facebook

Qual o impacto da avaliação de fornecedores para o seu negócio?

 

Quem observa um produto finalizado não tem noção da dimensão de esforços envolvidos desde a criação até os processos finais de divulgação e venda. Para que um produto possa ser considerado de ótima qualidade, ele certamente conta com matérias primas e serviços de fornecimento que também precisam ter ótima qualidade.

Contudo, como saber e quais critérios as empresas devem ter na hora de escolher o fornecedor certo a fim de garantir a qualidade de seus produtos?

Este artigo visa justamente salientar a importância da avaliação de fornecedores. Nosso objetivo é provar para nossos leitores a eficácia de um processo de avaliação consistente que garante a qualidade e competitividade de seu produto no mercado.

Quem deve participar do processo de Avaliação?

Neste processo devem participar os colaboradores que possuem um alto nível de conhecimento a respeito dos processos de produção e também dos produtos a serem fornecidos. E essa equipe selecionada deve ficar de olho nas características essenciais que não podem ser deixadas pra trás:

- Qualidade dos produtos ou serviços

- Capacidade de fornecimento

- Assistência técnica

- Preços e prazos

- Formas de pagamento e de entrega

- Regularidade fiscal

- Referências

- Localização

- Custo do frete

Se a sua empresa ainda não tem um processo definido para avaliação de fornecedores? Fizemos um modelo de avaliação para que você possa começar, e quem sabe adequar conforme sua realidade. Clique aqui e baixe gratuitamente.

O que fazer após aprovar o fornecedor?

Sua empresa avaliou os fornecedores, aprovou-os e já recebeu os produtos devidamente. Muito bom! Mas não acaba por aqui. Uma boa prática de controle da qualidade é a realização de avaliações periódicas as quais vão garantir continuamente todas as características técnicas de qualidade do seu produto.

Como avaliar? 

Muitas empresas avaliam seus fornecedores de várias maneiras, é um conjunto de regras e critérios que podem gerar o resultado do IQF (Índice de Qualificação do Fornecedor). Uma dessas maneiras é comparando a ordem de compra com a nota fiscal de entrada.

O que pode ser avaliado em cada nota de entrada?

Abaixo estão os critérios que você pode utilizar:

- A quantidade;

- Foi entregue dentro do prazo;

- A embalagem está intacta;

- Valor total da nota conforme foi acordado

- Produto/Matéria prima entregue conforme o solicitado

Fazendo uma avaliação periódica de cada entrega, registrando tudo o que for encontrado, você terá dados importantes para fazer uma boa análise de desempenho e com base nestas informações sugerir melhorias ao seu fornecedor.

Relacionamento com fornecedor

Este relacionamento deve ir além de apenas disponibilizar formulários ou relatórios aos seus fornecedores. Separamos pontos que sua empresa deve considerar:

- Mostre através de suas comunicações o quanto ele é importante no processo da sua empresa;

- Acompanhe de perto o que está sendo entregue;

- Feedback constante sobre o que você tem percebido, não apenas apontando falhas, mas também exaltando os pontos positivos do fornecimento.

A escolha de bons fornecedores é um fator crítico de sucesso dos seus produtos ou serviços e isso impacta diretamente no índice de satisfação de seus clientes.

Por isso, considere o fornecedor como um parceiro, e para que haja uma relação de parceria é preciso ter um trabalho colaborativo.

Impacto ambiental do seu fornecedor

Grandes multinacionais são grandes também em exemplos, pois mostram para nós o que deve e não deve ser feito em relação aos fornecedores.

Há alguns anos, a Nestlé gerenciou uma crise referente a um de seus produtos mais famosos, o Kit Kat. Uma denúncia do GreenPeace apontou um de seus fornecimentos como causador de desmatamento o qual prejudicou a fauna de uma região da Indonésia.  O caso repercutiu na mídia chamando a atenção não só de ativistas, mas também de consumidores da marca.

A empresa superou a crise, adotando medidas de correção com seus fornecedores, porém, apesar de ter conseguido superar o caso, o período de repercussão gerou instabilidade nos negócios e nos processos da empresa.

Este e outros casos nos mostram o quanto é importante termos uma “lupa” sempre voltada para a qualidade dos produtos fornecidos, bem como ao seus fornecedores. Em tempos em que a mídia é capaz de propagar de modo viral o erro de diversas empresas, cabe uma reflexão profunda sobre ter em sua empresa mecanismos de avaliação que garantam a segurança da composição de seus produtos.

Deixe sua opinião a respeito daquilo que você julga ser imprescindível na hora de avaliar um fornecedor!

Fontes de pesquisa:

Revista Exame e Sebrae | greenpeace.org


19 de Setembro de 2016

Tags:

fornecedores