Facebook

Operacionais, táticos ou estratégicos: indicadores são essenciais

Está sem tempo de ler agora? Aproveite o player e ouça o nosso conteúdo!

É bastante provável que você já tenha ouvido a frase “Diga-me como me medes que eu te direi como me comporto" atribuída a Elyahu Goldratt. E ela está intimamente relacionada ao tema que vamos abordar neste post: indicadores. Sejam indicadores operacionais, táticos ou estratégicos, eles são essenciais para nivelar o conhecimento organização, alinhar processos e engajar os times.
 
E para colocar em prática uma gestão baseada em indicadores, é importante conhecer os tipos e como usá-los para gerir os desvios das metas propostas.

Planejamento x tipos de indicadores de desempenho



Quando você faz o planejamento das ações que vão direcionar o futuro da sua empresa, via de regra são envolvidas pessoas de vários setores na organização. Isso porque você vai precisar de braços para atuar em todos os níveis de planejamento também: estratégico, tático e operacional.
 
Esses níveis se diferenciam no prazo das ações, hierarquia envolvida, autonomia e impactos no resultado geral da organização.
 
Da mesma forma, para monitorar os processos de maneira mais otimizada e organizada, será preciso definir indicadores nestes mesmos pontos também e assim garantir que todos na empresa sigam na mesma direção.
 
Outro ponto crucial a salientar aqui é que, quando se trata de indicadores, a quantidade não é o requisito mais importante, mas sim a qualidade. Isso quer dizer que sua empresa não precisa exagerar, podem ser poucos. Mas eles precisam traduzir os processos e objetivos de seu negócio.
 
O que são os indicadores estratégicos?



Os indicadores estratégicos estão diretamente ligados ao planejamento estratégico da empresa. Estão relacionados à missão, propósito e à visão estabelecidos para a organização, normalmente a médio ou longo prazo.

Precisam ser pautados em análises que envolvem o cenário interno da empresa e seus objetivos, assim como o externo: concorrentes, mercado, economia.

Esses indicadores costumam derivar de análises realizadas por meio de ferramentas e metodologias como Análise SWOT e BSC (Balanced Scorecard). E normalmente estão ligados aos cargos mais altos de gestão na companhia.

 

O que são indicadores táticos?



Se os indicadores estratégicos servem para medir o atingimento de metas macro, na definição de indicadores táticos são apontadas métricas para determinar se as ações traçadas por cada área estão contribuindo para que objetivos maiores sejam alcançados. Via de regra estão atrelados a metas gerenciais e de médio prazo.

Os planos táticos nada mais são do que planos de ação que cada área elabora para traçar as ações e projetos que devem realizar para contribuir com o plano estratégico da empresa.

A partir dessas ações são estipuladas metas e os indicadores táticos para medi-las.


 
O que é o indicador operacional?



São chamados de indicadores operacionais aqueles que normalmente são de curto prazo e que são ligados a processos operacionais da empresa. Costumam envolver colaboradores de todos os níveis da companhia, engajando cada indivíduo que pode contribuir com os objetivos estratégicos da organização.

Isso implica dizer que todos na sua empresa podem ter um indicador para medir o desempenho. Se seu objetivo é reduzir despesas, até o zelador pode ter um indicador operacional relacionado à redução da conta de luz, por exemplo.

 
 
Como os indicadores fomentam um ciclo virtuoso na sua empresa?



A definição de indicadores operacionais, táticos e estratégicos na sua empresa é fundamental para trazer ao grupo:
 
Alinhamento estratégico: indicadores de desempenho em todos os níveis - estratégico, tático e operacional - ajudam a manter o alinhamento entre as áreas da empresa e seus colaboradores. Lembra da frase lá do início, sobre medição e comportamento? Pois bem, indicadores que promovem o alinhamento também fomentam o comportamento em prol dos objetivos da empresa.

Mais eficiência: o alinhamento estratégico contribui para que a empresa seja mais eficiente, ao passo em que ações e decisões são tomadas na direção dos objetivos do negócios. A partir do momento que as atitudes de todos são pautadas pelas mesmas linhas, a margem de erro e necessidade de correção são muito menores.

Identificação de oportunidades: áreas alinhadas e indicadores que meçam seu desempenho propiciam oportunidades tanto de melhoria de processos quanto de novos negócios. Afinal, ao analisar os indicadores, fatalmente será lançado um olhar sobre os pontos da empresa que o impactam ou impactados por ele.

E lembre-se: não basta definir indicadores, eles precisam ser de fato medidos e acompanhados. E para fazer isso, nada melhor que contar com tecnologia. Por isso, convidamos você para conhecer o DOO, um software para Gestão da Qualidade que pode ajudar você a implementar e acompanhar os indicadores de desempenho da sua empresa, em todos os níveis. Vem pro DOO!

13 de Maio de 2019

Tags:

indicadores operacionais indicadores táticos indicadores estratégicos