Facebook

ISO 9001: Engajamento de pessoas

Está sem tempo de ler agora? Aproveite o player e ouça o nosso conteúdo!

Dando continuidade com a série de artigos relacionados a Norma ISO 9001, neste post trataremos do 3º Princípio da Qualidade. Em publicações anteriores vimos a importância de superar as expectativas dos clientes e também a necessidade do comprometimento da alta direção com a Gestão da Qualidade.

Hoje, abordaremos a importância de engajar as pessoas e como o papel de cada funcionário é essencial para o sucesso e o crescimento da empresa. Quando dentro de uma organização, todos os profissionais estão envolvidos e determinados a atingir um mesmo propósito. NIsso os resultados são alcançados e a marca passa a se tornar ainda mais competitiva.

Então, você sabe dizer se o seu pessoal está totalmente comprometido com o negócio? Sabe se eles estão 100% satisfeitos em trabalhar na sua companhia? Veja, a seguir, tudo o que é preciso saber sobre o 3º Princípio para a Gestão da Qualidade e no que o engajamento de pessoas pode ajudar a alavancar os seus resultados.

Confira! 

ISO 9001: Engajamento de Pessoas



Por trás das máquinas e de toda a tecnologia estão concentrados os serviços humanos. Afinal são as pessoas que conseguem planejar, criar estratégias, agregar conhecimento e desempenhar tarefas de maior valor. E isso significa que a sua importância é tão relevante quanto qualquer outro segmento dentro da empresa.

A marca que consegue manter os seus profissionais motivados e comprometidos não só garante uma reputação durável no mercado, como conquista resultados mais positivos em menor tempo — além de fornecer um ambiente de trabalho favorável.

“Engajar”, um termo relacionado ao ato de participar de maneira voluntária em uma atividade ou trabalho, nos mostra que só ter uma equipe não é o suficiente para se destacar. É necessário também contar com profissionais preparados e totalmente dispostos a fazer a diferença.

Promover o respeito mútuo, investir na qualificação profissional, adotar uma Gestão da Qualidade nos processos e dar oportunidades para que os funcionários cresçam junto dos negócios são alternativas interessantes para empoderar e engajar a sua equipe. Quando sentem-se satisfeitos e envolvidos, passam a “vestir a camisa da empresa”, ajudando assim os supervisores a alcançarem um objetivo em comum.

Dentro do 3º Princípio da ISO 9001 estão destacados os benefícios que os gestores podem ter ao adotar o Engajamento de Pessoas, sendo eles:

  • Melhora no foco, o aumento da confiança e o comprometimento dos colaboradores;
  • Progresso no envolvimento, na iniciativa, no desempenho e na criatividade de toda a equipe;
  • Redução da rotatividade de profissionais e ajuda para a retenção de novos talentos;
  • Contribui para a atenção e o compromisso junto aos valores e a cultura da organização;
  • Direciona os profissionais para melhorias;
  • Assegura o entendimento dos objetivos e da qualidade da empresa;
  • Favorece a motivação pessoal e profissional do colaborador;
  • Permite uma maior satisfação quanto às atividades designadas e ao ambiente de trabalho.

Como aplicar o 3º Princípio da Gestão da Qualidade



Embora pareça uma tarefa bastante simples, nem todas as empresas conseguem engajar os seus profissionais de forma positiva. Quando isso ocorre, deixam de contribuir com a eficácia do sistema de gestão. Os resultados não são tão positivos e os trabalhadores se sentem desmotivados e sem interesse de aprimorar as funções.

Pode ocorrer também de não se sentirem estimulados a crescer com o grupo, deixam de enxergar as oportunidades, já não confiam tanto no seu potencial e com isso os resultados não crescem.

Terrível, não é? Já pensou no quanto um mindset desmotivador pode prejudicar a empresa? O que isso pode acarretar na produtividade e na reputação da marca que espera se sobressair entre as concorrentes?

Por isso é tão importante que os profissionais estejam comprometidos a mudar essa mentalidade — todos, inclusive os responsáveis pelo Desenvolvimento Organizacional e de Recursos Humanos.  E de que forma podem fazer isso? Engajando, implementando soluções e motivando toda à equipe.

Para isso é necessário que as organizações estejam dispostas a aplicar melhorias junto do grupo, começando por:

  • Definir e comunicar os funcionários com clareza sobre todas as responsabilidades, autoridades e o papel de cada um dentro da empresa;
  • Estimular a participação, a discussão e a valorizar o compartilhamento de experiências e conhecimentos de cada profissional;
  • Traçar metas e objetivos junto com os colaboradores, fornecendo a eles o apoio e os recursos necessários para que possam atingir um mesmo propósito;
  • Estabelecer uma comunicação simples e objetiva com as pessoas, promovendo assim a cultura sobre a importância do trabalho e a contribuição de cada um dentro do negócio;
  • Empoderar as pessoas para determinar restrições ao desempenho e para que elas tomem iniciativas sem sentir medo de agir;
  • Permitir que os colaboradores possam realizar uma autoavaliação de seu desempenho, analisando assim suas metas e se estas foram atingidas frente aos objetivos pessoais;
  • Reconhecer e aceitar a contribuição mútua, a aprendizagem e o desenvolvimento da equipe;
  • Comunicar os resultados obtidos na empresa e tomar as medidas necessárias acatando, sempre que possível, as sugestões de melhoria e as críticas do grupo;
  • Permitir o crescimento profissional e o aperfeiçoamento das competências pessoais, oferecendo planos de carreira e treinamento, entre outras oportunidades;
  • Avaliar a satisfação dos envolvidos por meio de pesquisas internas da organização;
  • Oferecer as ferramentas certas para que consigam trabalhar com mais tranquilidade e confiança.
 
O 3º Princípio da Qualidade é e sempre será importante. A sua aplicação garante que a empresa assegure resultados consistentes e também ajuda para que haja uma comunicação mais positiva entre os seus colaboradores e os processos.

Cada pessoa dentro da empresa pode fazer a diferença e todos os profissionais precisam estar cientes do papel a ser cumprido. Saber que melhorias são importantes e que as suas funções devem sempre estar conforme os requisitos do sistema de Gestão da Qualidade. 

Precisam estar dispostos a acompanhar os propósitos da marca, trabalhar em equipe e compreender que podem otimizar tarefas sempre que necessário. Assim não só conseguem cumprir com os requisitos, como podem se inspirar a gerar resultados positivos para crescer como pessoa e como profissional.
 
Gostou do tema? Quer saber mais sobre como otimizar os seus processos e como a Gestão da Qualidade pode ajudar a sua empresa? Continue então lendo o nosso blog e fique por dentro de todos os conteúdos.

20 de Maio de 2019

Tags:

gestão da qualidade iso 9001 engajamento de pessoas